sexta-feira, 1 de agosto de 2014

A saga da vida moderna - Em busca da saúde da sua coluna

A modernidade trouxe muitos benefícios a nós, mas o que ninguém fala é que com ela várias questões de como manter a saúde vem surgindo. A maioria de nós se tornou sedentário e mantém a alimentação a base de produtos industrializados, passamos muito tempo a frente dos computadores e também olhando para a tela dos celulares com a cabeça baixa.
Tudo isso muda o padrão de saúde necessário para ter uma vida longa e saudável. Para ser saudável, precisamos ter o nosso organismo funcionando adequadamente como um todo, cada órgão fazendo seu papel corretamente. 
Nossa coluna além de dar a sustentação para o corpo, emana sinais do cérebro através da medula espinhal, para os demais órgãos. Se a saúde da coluna não vai bem, muita coisa pode não estar indo bem também.
No meu caso, descobri que muita coisa vai mal por causa sim, da coluna. Desde as enxaquecas, até mesmo a recente descoberta da fibromialgia, podem ter sido causadas por anos de uso e abuso de forma incorreta da coluna. 
Má postura, traumas de infância, DTM (disfunção temporo-mandibular), tombos, forma de carregar bolsas e mochilas, sobrepeso, uso excessivo do notebook, tudo isto de alguma forma acarretou para que hoje eu tenha a coluna retificada, faltando uma curvatura na região do pescoço, que me faz ter dores absurdas e travar a região da cervical. Com tantos problemas, veio a fibromialgia, que é "uma forma de reumatismo associada à da sensibilidade do indivíduo frente a um estímulo doloroso"¹. Os sintomas vão desde dores em vários pontos do corpo, fadiga, distúrbio do sono, até mesmo depressão.
Os tratamentos vão desde terapias manuais, como fisoterapia, RPG (reeducação postural global), pilates e quiropraxia, exercícios físicos e até o uso de remédios para dor e antidepressivos.
Eu estou tratando com fisioterapia e acupuntura, notei  melhoras a partir da terceira seção, e estou pesquisando qual terapia será melhor para dar continuidade aos avanços.
No próximo post alo um pouquinho sobre cada uma das modalidades de terapia manual que falei acima.
Se você sentir qualquer um desses sintomas, procure um médico de sua confiança. Não se baseie pelo meu post. Apenas estou relatando meu processo em busca de cura.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá meus amores! Obrigada pela sua visita e comentário! Deixe seu recadinho, dúvida ou sugestão! Beijos!!!